Acessibilidade na WEB: os 7 mitos

Mitos?

Definindo a palavra mito: os mitos são narrativos, que são produzidas ou imitadas até se tornarem coletivas.

  • Mito 01: “A acessibilidade web é só para deficientes visuais !”

Realidade: Pessoas cegas ou com baixa visão são terrivelmente prejudicadas pela faltas de acessibilidade, pois, na maioria das vezes, elas não tem outra forma de obter informações, a não ser através da internet. Mas não são somente elas que necessitam de acessibilidade.

A acessibilidade web é para:

  • Quem tem dificuldade para ver a tela;
  • Quem tem dificuldade para usar o mouse;
  • Quem tem dificuldade para usar o teclado;
  • Quem tem dificuldade para ler um texto;
  • Quem tem dificuldade para ouvir um som;
  • Quem tem dificuldade para navegar na internet;
  • Quem usa um navegador diferente;
  • Quem usa um equipamento muito antigo ou muito moderno;
  • Quem está em um ambiente ou situação que limita alguns dos sentidos ou movimentos que requer a sua atenção.

Resumindo: A acessibilidade é para todos!

  • Mito 02: “Na prática, o número de usuários beneficiados com a acessibilidade é relativamente muito pequena!”.

Realidade: A maioria das pessoas que conhecemos não tem nenhum tipo de deficiência e nunca esteve em nenhuma das situações especiais descritas acima.

  • Mito 03: “Fazer um site acessível demora e custa caro!”.

Realidade: Geralmente, afirmações como esta são preferidas sem nenhuma avaliação prévia. Contudo, só podemos saber se o tempo e o custo do nosso projetos são adequados, se levarmos em conta os benefícios alcançados.

  • Mito 04: “É melhor fazer uma página especial para os deficientes visuais”.

Realidade: Isto é melhor para quem? os Web designers terão trabalho dobrado, para criação e manutenção de duas páginas. Os deficientes visuais ficarão prejudicados, pois o que invariavelmente acaba acontecendo é que a página deles fique desatualizada. Sem falar naquelas página especiais, que já são projetadas com menos funcionalidades do que das “pessoas normais”. Além disso, o site continuará inacessível para todos os outros tipos de deficientes.

  • Mito 05: “Um site acessível a deficientes visuais não é bonito.”

Realidade: Pessoas cegas não possuem condições de usufruir da maioria dos atributos visuais de um site. Porém, os elementos que tornam um site esteticamente bonito não atrapalham nada nas pessoas com deficiência visual. Pois se forem criadas dentro dos padrões de codificação, das diretrizes de acessibilidade e se a página tiver uma boa arquitetura de informação.

  • Mito 06: “Vamos por partes: primeiro fazemos o site, depois fazemos acessibilidade.”

Realidade: Não dá para fazer tudo ao mesmo tempo, precisamos priorizar. Porém, inaugurar o prédio com escadas e depois quebrar tudo para colocar rampas não é priorização, é desperdício de tempo e recursos. E é exatamente isso que acontece com um site, quando deixamos a acessibilidade para depois.

  • Mito 07: “A gente sabe o que é bom para o usuário.”

Realidade: A gente aprende muito sobre o usuário com a experiência. Mas a gente só aprende tudo sobre o usuário, se a gente for o próprio e ainda assim agente vai ser apenas um dos vários usuários possíveis, deixando de fora todos os outros usuários.

Referencial Bibliográficos

  • Oliveira, Cristina G. Machado de – Filosofia Virtual e Mitologia.
  • Daniel, William – Mito, Rito e Religião.
  • Daniel, William –  Deuses Gregos e Romanos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s