Tipos de Empresas e Organizações

Tipos de EmpresasDefinição de Empresa: Sua constituição tem o objetivo de gerar produtos e/ou Serviços para atender às necessidades das pessoas, ou dos mercados, com isso obtendo lucro.

Para administrar ou ter uma empresa, você deve ter conhecimento sobre o mercado, o negócio, as técnicas de venda e quais são os procedimentos para abrir uma empresa.

Tipos de Empresas

Segundo o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), as empresas podem ser classificadas pelo seu porte econômico-financeiro. Segue abaixo essa classificação:

Classificação

Receita Operacional Bruta Anual

Microempresa Menor ou Igual a R$ 2,4 Milhões
Pequena Empresa Maior que R$ 2,4 Milhões e Menor ou Igual a R$ 16 Milhões
Média Empresa Maior que R$ 90 Milhões e Menor ou Igual a R$ 90 Milhões
Média – Grande Empresa Maior que R$ 90 Milhões e Menor ou Igual a R$ 300 Milhões
Grande Empresa Maior que R$ 300 Milhões

As empresas também podem ser classificadas pelo setor da economia:

  • Primeiro Setor: Governo;
  • Segundo Setor: Iniciativa Privada;
  • Terceiro Setor: Sociedade Civil (Sem Fins Lucrativos).

As empresas podem ainda ser classificadas pela quantidade de sócios:

  • Empresa Individual: Apenas uma pessoa é proprietária da empresa. Neste tipo de empresa, confunde-se o capital da empresa com o capital do proprietário;
  • Empresa de Responsabilidade Limitada (ou sociedade por quotas): a responsabilidade dos sócios da empresa é determinada de acordo com a quantidade de quotas que cada um possui e a empresa deve estar registrada na junta comercial do estado;
  • Sociedade Simples: organizada por no mínimo duas pessoas que exercem profissão intelectual de natureza científica, literária ou artística, por meio de prestação de serviços;
  • Sociedade Empresária: De acordo com o artigo 966, do Código Civil: “Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou circulação de bens ou de serviços”, e de acordo com o artigo 982, do Código Civil: “Salvo as exceções expressas, considera-se empresária a sociedade que tem por objetivo o exercício de atividade própria de empresário sujeito a registro (artigo 967) “; e, como simples, as demais”. “Parágrafo único. Independentemente de seu objeto, considera-se empresária a sociedade por ações; e simples, a cooperativa”. Então, podemos dizer que Sociedade Empresária é a união de dois ou mais empresários para desenvolver atividades econômicas.
  • Sociedade Anônima: O capital é distribuído em ações e cada sócio, ou acionista tem suas responsabilidades relacionadas ao valor e à quantidade de ações que possui.
  • Sem Fins Lucrativos:  São organizações onde todo o lucro obtido deve ser reinvestido em estrutura ou às atividades que mantêm. Podemos também classificar as empresas como nacionais (empresas que produzem ou prestam serviços em um único país), multinacionais (empresas que produzem ou prestam serviços em países diferentes, nos quais estão suas filiais, de suas respectivas sedes, onde fica sua matriz) e transnacionais (empresas que têm matriz e filiais em vários países).

Bibliografia

CONARQ – Conselho Nacional de Arquivos

CAMARGO, Ana Maria de Almeida; BELLOTTO, Heloisa Liberalli.

CHIAVENTAO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração: Uma visão abrangente da moderna Administração das organizações – 7ª Ed. Rev. E Atual. – Rio de Janeiro: Elsevir, 2003.

Anúncios